Inovação

Mundo precisa entender a nova era da inovação, afirma Gil Giardelli

Inovação, futuro inteligente e o casamento entre as novas tecnologias e conhecimentos já estabelecidos são abordados por professor e estudioso no Agenda São Carlos


2021-11-23T11:20:00




Gil Giardelli discute o futuro no Agenda São Carlos.
Uma nova atitude diante da nova era da informação que se avizinha. Essa é a temática da 5ª edição do Agenda São Carlos, evento que é realizado na manhã desta terça-feira (23) e é transmitido ao vivo, com tradução em Libras. (Assista ao vivo).

Inovação, futuro inteligente e o casamento entre as novas tecnologias e conhecimentos já estabelecidos são abordados pelo professor e estudioso Gil Giardelli. Com 22 anos de experiência, Gil Giardelli é estudioso de inovação e Economia Digital, professor de MBA, escritor e difusor de atividades e conceitos ligados à sociedade em rede, inovação radical, colaboração humana, economia criativa, digital e estudos do futuro.

"Vim falar um pouquinho sobre essa nova era da economia, da inteligência artificial. Trouxe um robô humanoide que dá aula comigo. Na verdade, é um futuro que já chegou e está mal distribuído e o Brasil precisa repensar seu posicionamento, não precisa adotar todas as inovações, mas entender como isso nos impacta como seres humanos, pessoas e brasileiros", explica.

Para o palestrante, São Carlos, berço nacional da inovação, é um local ideal para se discutir um futuro mais tecnológico, nunca perdendo o foco na justiça social e no conforto humano.

"É um lugar com universidades, é uma região onde consideramos de alto PIB intelectual, é essa nova tríade da inovação, que é envolver as universidades que são ótimas na região, empreendedorismo e a iniciativa privada, as fábricas instaladas e o movimento das pessoas. Podemos ter várias políticas públicas, várias mudanças educacionais, mas depende de cada um", relata.

Para Giardelli, o poder público pode contribuir sobretudo em iniciativas que criem uma cultura da inovação desde pequeno. É necessário, segundo o especialista, repensar a educação como é feita hoje.

"Seja médico, seja engenheiro, seja um profissional da área do agronegócio, todos terão que ser um cientista de dados. E aí está faltando um pouco o mundo entender essa nova era e começar a ensinar também os conceitos de alfabetizações humanas, inteligência artificial e ciência de dados", conclui.
  
Agenda São Carlos é realizado nesta terça-feira (23).
Agenda São Carlos é realizado nesta terça-feira (23).

Discutir o amanhã
Planejar o futuro passa por dar os primeiros passos no presente. A pandemia de Covid-19 fez o poder público repensar em como abordar os problemas e fazê-lo de maneira mais rápida e efetiva.

Para o superintendente de negócios do Desenvolve SP, a agência de desenvolvimento de São Paulo, Mauro Miranda, o Agenda São Carlos é "importante para reafirmar a retomada da economia do Estado".

"Apoiamos muitas linhas de financiamento para a sustentabilidade e inovação. E São Carlos como é um polo de empreendedorismo, conhecido como Vale do Silício Brasileiro, nos entendemos que tem muita abertura para financiar projetos inovadores expandindo a retomada da economia", comenta.

Para o prefeito Airton Garcia (PSL), tecnologia é "um tema que tem tudo a ver com São Carlos". "Nada mais justo que essa discussão seja feita aqui".

Fórum de discussão do desenvolvimento regional, o Agenda busca alternativas para o crescimento e desenvolvimento, de acordo com o diretor de Relações Institucionais do Grupo EP, Paulo Brasileiro.

"Eu acho que é fundamental neste momento de retomada trazermos um tema de inovação que possa contribuir ao setor produtivo da nossa cidade e região, mas, acima de tudo, que possa ter mais oportunidades na nossa comunidade", finaliza.